Copo de 3: PROVA Baltasar Gracián Garnacha Viñas Viejas 2001

25 Setembro 2005

PROVA Baltasar Gracián Garnacha Viñas Viejas 2001

Elaborado com Garnacha proveniente de vinhas velhas com mais de 60 anos, com estágio em barrica durante 10 meses, este vinho apresentou-se com 14% e tonalidade ruby escuro.
No nariz, mostrou uma entrada de grande nível, destacando a fruta vermelha e preta ( bagas, framboesa, amora)bem madura em compota e os aromas do estágio em madeira (chocolate, torrados, baunilha, café), que se revela muito bem integrada sem grandes excessos, e de grande qualidade, tudo em boa concentração, que com o tempo vai deixando entrar no copo, especiarias (pimenta) com final mineral acompanhado de uma pontinha mentolada.
Na boca, tem corpo médio, mostra grande equilíbrio entre componentes, encontramos a qualidade do nariz, vinho saboroso, muito bom na boca, guloso e com taninos sedosos que dá grande prazer a beber. Tem um final ligeiramente especiado, pimenta, acompanhado por uma ligeira frescura derivada dos balsâmicos (mentol) que em conjunto faz ter uma persistência final elevada.
Para juntar a tudo isto, um preço de 6€ que o faz ter uma das melhores relações preço/qualidade que conheço, um vinho que dá muito prazer a beber a um preço simplesmente fantástico.
17,5

1 comentário:

Anónimo disse...

A 6€ com esta qualidade, se entra em Portugal, muito produtor nacional vai ficar encostado às cordas...

BEJA

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.