Copo de 3: PROVA Tapada do Barão 2002

02 Setembro 2005

PROVA Tapada do Barão 2002

Vinho da zona de Reguengos, do Monte dos Perdigões, produzido por Henrique Granadeiro.
Pelas mãos de Paulo Loureano, sai este vinho feito com Trincadeira, Aragonez, Cabernet Sauvignon, Castelão, Syrah, Alicante Bouschet, Merlot e Tinta Caiada.
Tem estágio em carvalho allier de grão fino com queima média e em inox.
Aprensenta-se com 12,5% e uma tonalidade granada.
No nariz, boa entrada de fruta em compota, tabaco, cacau, aromas verdes e alguns florais,torrados, baunilha, pimentos, tudo muito bem ligado entre si, e com ligeira evolução no copo, um vinho apelativo pelos seus aromas, mas nada de muito complexo.
Boca, nota-se o estágio em madeira que lhe trás alguma complexidade na boca, fruta e notas verdes, tudo em conjunto, com corpo médio, tem uma leve adstrigência aliada a uma acidez que lhe dá um ligeiro toque fresco, persistência final média/alta com um final a lembrar tabaco e cacau.
16

1 comentário:

Anónimo disse...

chamo-me Carlos Espiga,e é meu desejo desde já fazer uma referencia elogiosa a toda a equipa de produçao do vinho "tapada do barão",nomeadamente a Paulo laureano,pelo arrojo de produzir um vinho com oito castas ,muito recomendável, e impossivel de descrever aqui em breves traços... carlos_oeste@hotmail.com

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.