Copo de 3: A excentricidade tem limites...

29 Julho 2006

A excentricidade tem limites...

A noticia pode não ser muito recente, mas dos lados de Azeitão mais propriamente do gigante Bacalhoa Vinhos de Portugal saiu um novo vinho, Berardo Reserva Familiar 1995.
Um vinho que se pretende como uma homenagem à família Berardo, relembro que José Berardo é o actual accionista da empresa, com uma produção muito limitada de apenas 1.700 garrafas sendo vendido exclusivamente na loja da empresa por um preço de... e agora é que está o choque, 200€ que segundo o Sr. Berardo «É um vinho que fiz para o meu gosto e para guardar para o futuro, para mim e para os meus amigos, mas estou a ver que tenho mais amigos do que eu pensava.»
Ora 200€ por um vinho que o dito Sr. mandou fazer, não o fez claramente como disse, é um patamar que situa este vinho como o mais caro vinho de Portugal, situando-se acima do Alentejano Pêra Manca e do histórico Duriense... Barca Velha.
Mais comparações de preços podem ser feitas, basta reparar que um mítico Vega Sicilia Único Reserva Especial ronda os 180€ ou mesmo os grandes vinhos de Bordéus (Margaux, Haut Brion, Latour, Cheval Blanc, Lafite...) um Penfolds Grange ou um RWT são vinhos que em grande parte rondam esses 200€ e certos anos até ultrapassam em larga escala, mas normalmente são vinhos que andam perto dessa quantia.
Será lógico uma excentricidade destas ? Tentativa de chamar a atenção ? O vinho tem qualidade para tal ? É para não vender as garrafas, se fosse assim não as metia à venda...
Na minha visão um Barca Velha ou um Pera Manca não valem os 150€ que pedem por eles, mas claro que se o vinho tem esse preço é porque alguem o compra... mas temos grandes vinhos e penso que o nosso tecto mais correcto sejam os 60-70€ no que toca à excelência de vinhos de mesa, retiro os Porto e Madeiras e mesmo Moscatel.

12 comentários:

frexou disse...

200 euros?

Mais um vinho pra uma cambada de pseudo-enofilos!

Há coisas neste país muito difíceis de explicar...

Copo de 3 disse...

Será que o nome BERARDO fica assim tão caro num rótulo ?

caloiro30 disse...

Será este vinho um clone do JP garrafeira?

Copo de 3 disse...

Com o preço pedido, é caso para questionar muito seriamente se o vinho tem qualidade para tal ?

Claro que o consumidor quando compra um vinho tem todo o direito em colocar esta questão, mas quando o preço é o apresentado esse direito é maior ainda.

Penso que seja mais uma excentricidade em que se paga mais o nome que o simples vinho que lá está dentro.
Vejamos o exemplo do Homenagem António Carqueijeiro 1999 da Quinta Monte D´Oiro, um vinho que teve duas passagem por madeira nova e que com todos os custos aderentes saiu para o mercado a uns simpáticos 35€ no Pingo Doce.

Anónimo disse...

Esta poderia ser chamada "A Reserva dos Comendadores", mas dos mais abonados, digo eu !

Leitão

Copo de 3 disse...

Pois, visto que dos lados de CampoMaior temos já uma Reserva e um Garrafeira...

Pingus Vinicus disse...

Eu vou comprar uma caixa! Nem mais, nem menos. lol
Não consigo dizer mais nada, apenas rir, rir e rir muito.

frexou disse...

Será que vendem meias garrafas? É que só tenho 100 euros!

Ou com isso compro 3 Poeiras, 3 Redomas Reservas Brancos, 3 Pintas, 3 Malhadinhas, 3 tanta coisa boa a preços justos!

Berardo ou Bujardo?

Pedro Sousa(PT) disse...

Se realmente as 1700 garrafas de vinho foram feitas para os amigos, então porquê não dá-las? Os amigos não são para as ocasiões?...ou então são amigos da onça. Para mim é lampeirismo empresarial à portuguesa, ou seja querer ganhar tudo ontem...

Anónimo disse...

Se a pedantice matasse...

Enfim, que lhe faça bom proveito, acompanhado de um cigarrito contrafeito Marbelo, daqueles parecidos com Marlboro mas feitos na Madeira!

Paulo Coelho Vaz disse...

Deve ser para que ninguém possa comprar, provar e dizer que o vinho não vale nem 2 euros!!!

João Barbosa disse...

paga quem pode e não sabe...

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.