Copo de 3: Altas Quintas Crescendo branco 2009

07 Dezembro 2010

Altas Quintas Crescendo branco 2009

Segundo indica a ficha técnica deste vinho, foi desenhado a partir de uma selecção de uvas das castas Arinto, Verdelho e Fernão Pires, dos melhores blocos das vinhas de Altas Quintas. O mosto foi clarificado, de forma estática a 10ºC numa câmara frigorífica, onde fermentou de seguida a uma temperatura de 15ºC. Após esse processo o vinho foi mantido a 8ºC e posteriormente estabilizado e filtrado. O engarrafamento decorreu durante o mês de Fevereiro, para garantir a conservação de todas as suas características organolépticas, num vinho que viu a sua garrafa mudar para melhor, apresentando-se com 13%.

Altas Quintas Crescendo branco 2009

Nariz de aroma fresco com boa intensidade, assente num aroma frutado com citrinos e travo tropical. Mostra-se bem trabalhado no seu cuidado conjunto, harmonioso, jovem e bastante fresco, com flores brancas e vegetal fresco a combinar com algum rebuçado (ligeiramente a recordar sensação de doce) de limão, notas levemente fumadas em fundo com ligeira pederneira.

Boca com uma entrada bem fresca e fulgurante, direi refrescante, plena de sabores cítricos com lima, limão e ligeiramente tropicais, vegetal fresco, boa espacialidade de conjunto que se mostra cheio de energia e com final a dar boa persistência.Complementa muito bem o que se sente na prova de nariz, o que é sempre bom sinal.

Gostei essencialmente pela maneira fresca como se apresentou, a fruta sente-se saudável e madura, limpa, com um conjunto muito bem desenhado que a suporta. Uma belíssima aposta num branco de Serra, feito para agradar a todos mas que não deixa de respeitar a terra que o viu nascer. Custa cerca de 8€ o que o transporta para aquele limbo do não ser nem caro nem barato... 16 - 90 pts

Sem comentários:

 
Powered By Blogger Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.